RSS

Arquivo mensal: agosto 2012

QUAL É TUA “VOCAÇÃO”?

Cartaz Mês vocacional 2012

Cartaz Mês vocacional 2012

MÊS DE AGOSTO: MÊS DEDICADO À ORAÇÃO, REFLEXÃO E AÇÃO SOBRE O TEMA DAS VOCAÇÕES.

Em 1981, a CNBB, na sua Assembleia Geral, instituiu o mês de agosto como mês vocacional para todo o Brasil. O mês vocacional, na dinâmica pastoral da Igreja do Brasil, quer ser um instrumento eficaz a fim de despertar a consciência das comunidades para a corresponsabilidade na missão recebida de Jesus Cristo. A cada domingo do mês de Agosto, somos chamados a destacar em nossas celebrações litúrgicas uma forma específica de viver o nosso chamado. A vocação sacerdotal é lembrada no primeiro domingo, enquanto a familiar é celebrada no dia dos pais (segundo domingo), antes de destacar uma outra forma de doação que a vocação para a vida religiosa feminina e masculina proporciona, no terceiro domingo. Por fim, no quarto domingo, recordamos todos os ministérios leigos e, de modo especial, os catequistas. É bom sublinhar que no ano em que o mês de agosto tiver cinco domingos, no quarto domingo são recordados todos os ministérios leigos e no quinto, separadamente, o dia do catequista.

Vocações

Vocações

A palavra vocação, vocare em latim, significa chamar (o chamado). É sempre Deus que tem a iniciativa de chamar os “colaboradores”. Isso significa que ser chamado ou sentir-se chamado é ouvir a voz de Deus que clama nos eventos do dia a dia da nossa caminhada. Deus não chama fora dos contextos concretos das nossas vidas. Ele continua, ainda hoje, chamando do mesmo jeito que chamava na história do povo de Israel. Ele chama todos, mas alguns são chamados para uma missão específica a serviço da Igreja, da sociedade, do Reino em geral.

Vocação é também uma resposta livre e alegre dada ao chamado de Deus. A resposta não é um simples ato de satisfação pessoal, mas sim um processo comunitário: “Pedi ao Senhor da messe que envie operários para a sua messe” (Mt 9,38). A pessoa é chamada num contexto particular. A resposta também deve ser no mesmo contexto. Vocação é questão de comunidade, de gente “unida”; é coisa de “família”; é “a resposta de Deus providente a uma comunidade orante” (Puebla).

Não se pode falar de vocação sem priorizar a oração. A oração deve estar no coração de todo processo vocacional. Vocação é simplesmente o mais concreto fruto de uma intimidade cultivada com Deus. É Rezando que se ouve a voz de Deus. É rezando, também, que se faz verdadeira a nossa resposta ao seu chamado.

Confiança na caminhada

Confiança na caminhada

O mês vocacional é celebrado a cada ano. Eu vejo muitas criatividades nas mais simples comunidades para destacar o evento. Não tenho nenhuma dúvida de que estamos diante de uma boa “estratégia” de conscientização pastoral. É válido, sim, mas não podemos resumir todo o trabalho vocacional em um único mês do ano. Por isso, eu faço este apelo aqui: a conscientização vocacional deve acontecer a cada dia e em todos os meses do ano. Isso supõe que cada batizado tenha a certeza de que é, de um modo ou outro, um agente de animação vocacional, até porque o melhor testemunho para atrair outros (chamar outros; “ser como Deus”) é exatamente o próprio exemplo de vida pessoal.

Luz no meu caminho

Luz no meu caminho

Creio que o mês vocacional é, antes de tudo, um convite à oração. Celebrar o mês de Agosto como o mês vocacional deve ser uma oportunidade para uma nova conscientização sobre o valor da oração na vida cristã. É o meu desejo e minha intenção de oração para o mês vocacional de 2012. Votos que eu resumo nestas palavras: “Dai-nos olhos para ver as necessidades e os sofrimentos dos nossos irmãos e irmãs; inspirai-nos palavras e ações para confortar os desanimados e oprimidos; fazei que, a exemplo de Cristo, e seguindo o seu mandamento, nos empenhemos lealmente no serviço a eles. Vossa Igreja seja testemunha viva da verdade e da liberdade, da justiça e da paz, para que toda a humanidade se abra à esperança de um mundo novo.” (Texto extraído da Oração Eucarística VI-D).

R. André, Agosto 2012

 
Deixe um comentário

Publicado por em agosto 22, 2012 em Au jour le jour